VOCÊ ESTÁ EM: HOME / Gastronomia /

MULHER EM CAMPO

Foto: Milton Flávio    |      Produção: Bia Verri Beautylab 


 MULHER EM CAMPO
Angela Cristina Silva, coordenadora da Comissão de Direito Desportivo da OAB de Rio Preto fala de sua profissão

SEM LEGENDA

Bonita, elegante e totalmente apaixonado por esportes. Formada em Direito há dez anos, Angela Cristina da Silva foi estagiária da Defensoria Pública, e em seu histórico de trabalho atuou como advogada em cidades como Campinas, São Paulo e São José do Rio Preto. Hoje, ela configura o quadro dos profissionais de sua área tanto em Rio Preto, quanto em grandes centros, como São Paulo, onde mantém filial de seu escritório, diante do fato de que se especializou em Direito Desportivo. Coordenadora da Comissão de Direito Desportivo da OAB de Rio Preto, ela também diz sentir orgulho de ser coordenadora do curso de Pós-Graduação em Direito Desportivo e Gestão da UNIRP. “Da mesma forma que sempre fui fã da área do Direito, sempre fui apaixonada pelo esporte, em seus mais variados gêneros”, explica a profissional, que também foi em busca de novos conhecimentos em sua atuação na Inglaterra. “Fiz cursos e estágios para obter não só conhecimento, como também parâmetros para analisar diferentes modelos e condutas na área profissional no que tange ao esporte. Em resumo, o profissional de minha área trabalha com clubes e atletas”, explica. “Nossa região é um celeiro de grandes profissionais e de times que fizeram e continuam compondo a bonita história do esporte. A meu ver, o esporte não é apenas uma prática, mas sim um importante diálogo que une as pessoas. É uma das mais expressivas formas de inclusão social, aliás, sua melhor ferramenta para socialização. Não é à toa que está presente no mundo todo, nas mais variadas modalidades”. Sobre como é ser mulher e atuar na área, ela responde: “Minha conduta e a minha paixão pelo que faço são imbatíveis, mas já enfrentei preconceito em relação a minha escolha. Sem problema, encaro como um bom desafio, como se fosse uma jogadora representando milhões de mulheres que vibram porque estou ‘competindo’ bem nesse ‘campo’”.

“Minha conduta e a minha paixão pelo que faço são imbatíveis, mas já enfrentei preconceito em relação a minha escolha. Sem problema, encaro como um bom desafio, como se fosse uma jogadora representando milhões de mulheres que vibram porque estou ‘competindo’ bem nesse ‘campo’”

SEM LEGENDA



FONTE: Foto: Milton Flávio | Produção: Bia Verri Beautylab

Veja Também