ÚLTIMAS DA REDAÇÃO

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / Gastronomia /

Comida “di” Buteco completa 20 anos

Comida “di” Buteco completa 20 anos
Disputa, que completa 10 anos em Rio Preto, começa no dia 12 de abril com 15 bares. Neste ano, todos os petiscos serão vendidos a R$ 20, em comemoração às duas décadas do concurso no Brasil

Está chegando a hora de escolher, mais uma vez, qual é o melhor “buteco” da cidade. A edição 2019 do Comida di Buteco começa no dia 12 de abril. Em Rio Preto, o concurso, que completa uma década neste ano, vai até o dia 5 de maio e contará com a participação de 15 bares, sendo três de Mirassol.

Uma grande novidade desta edição é que, para celebrar os 20 anos de história do concurso no Brasil, todos os petiscos concorrentes terão preço fixo de R$ 20. A disputa, que teve origem em 2000, na cidade de Belo Horizonte, ocorre em 21 cidades simultaneamente e elege desde 2016 também o melhor “buteco” do Brasil. É o primeiro concurso do gênero no País.

O Comida di Buteco tem como missão transformar vidas por meio da cozinha raiz. São estabelecimentos em que os proprietários estão à frente do negócio, não pertencendo a redes ou franquias. Têm a identidade do dono e, muitas vezes, funcionam como extensão de sua casa e envolvem outras pessoas da família.

Dos 15 bares que concorrem na edição de Rio Preto este ano, oito são estreantes. O atual bicampeão é o Bar do Cidinho.

Com duas décadas, o Comida di Buteco já extrapolou sua natureza e virou o representante de um grande movimento nacional de valorização da cultura de “buteco” e da cozinha de raiz, demarcando abril como o mês do “buteco” no Brasil.

“Eu fico muito impressionado com a capacidade que o Comida di Buteco tem de transformar a realidade das famílias daquele pequeno empreendedor do setor de bares e restaurantes, ajudando a construir um Brasil melhor”, diz Paulo Solmucci, presidente nacional da Abrasel/Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

Bares participantes e petiscos:

Bar do Cidinho - Pilãozinho Caipira

Bar do Magrão - Bolinho Fuscaldo

Bendito Botequim - Bendito Cupim no Tacho

Buteko do Fidelis - Linguiça Dona Ana

Chimboca Bar (Mirassol) - Linguiça de Costela

Dina''s Bar - Codorna do Dina''s

Eisbar - Porcolícia

Espeteria Dallas (Mirassol) - Recheadinho de Oliva

Farofa Butiquim - Atunzera

Fino Sabor - Kibe do Capitão Jack

Gambófa - Mr. Pig

Santo Arco (Mirassol) - Bolinho de Costela

Seu Garçom - Bolinhos da Mama 20

Toca da Coruja - Ninho da Coruja

Valumania - Petisco Valu Calabre

Mecânica do concurso

Elege-se o Melhor Buteco da cidade!

Na primeira etapa, em cada uma das cidades, os “butecos” pré-selecionados apresentam os tira-gostos criados especialmente para a competição. O público e um corpo de jurados visita, vota e elege o campeão, avaliando  4 categorias (petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida). O petisco leva 70%  do peso da  nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%.

Na segunda etapaem junho, uma comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas 4 categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). Cada campeão recebe 3 jurados (um jurado da sua cidade e dois de outras cidades). Elege-se aí o MELHOR BUTECO DO BRASIL, que será conhecido e premiado no mês de Julho.

Resultados dos 20 anos

21 cidades de Norte a Sul do País

5.163 “butecos”

4.868 milhões de votos

3.534 milhões de petiscos vendidos

41.796 mil empregos gerados

80 milhões de pessoas impactadas

500.892 milhões em mídia espontânea

SEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDA



Veja Também