Edição 149

Clique na imagem abaixo para folhear nossa revista



CURTA NOSSA PÁGINA

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / ENTREVISTA /

Dra. Selma di Pace Bauab

Entrevista
Fotos: Milton Flávio

Dra. Selma di Pace Bauab

No mês em que comemoramos o “Dia Internacional da Mulher”, a médica e diretora da “Mama Imagem” fala de sua atuação, a história de sua clínica e seu ponto de vista sobre saúde e a figura da mulher

“Aos 17 anos, é difícil saber qual profissão escolher, mas é quando, no Brasil, muitos jovens escolhem o que vão fazer durante a maior parte de suas vidas. Por isso, acho muito sábio um ditado de Goethe que diz: ‘Não é fazer o que gostamos, mas gostar do que fazemos que torna a vida abençoada’. Para mim, a Medicina é uma profissão que proporciona estarmos perto do outro, aprender com o outro, além de poder ouvir, acolher e, sempre que possível, curar”. Assim explica a Dra. Selma di Pace Bauab, diretora da “Clínica Mama Imagem”, de São José do Rio Preto, sobre a escolha de sua profissão no início da entrevista, concedida à “Ala Vip Magazine” para a edição de março, o mês em que comemoramos o “Dia Internacional da Mulher”.
Nascida em Rio Preto em 1955, o pai era comerciante e a mãe dona de casa. “Tive uma infância feliz, com mais duas irmãs e um irmão. Não tínhamos nem um médico na família, mas meus pais sempre me incentivaram a estudar e proporcionaram condições para que eu pudesse escolher. Com o apoio deles e uma forte vontade, minha vida de estudante foi tranquila e pude ir em busca de um ideal com que eu pudesse sonhar”.

SEM LEGENDA

Ala Vip - O que faz da Sra. uma profissional realizada?
Dra. Selma - Quando percebo que, tanto do ponto de vista humano, quanto técnico, estou fazendo alguma coisa de boa qualidade, que tem bons resultados. Quando sinto que essa perseguição pela boa qualidade é algo que reverbera e todos procuram pelo mesmo objetivo. O resultado é amoroso e genuíno

Ala Vip - Fale-nos um pouco sobre como é sua atuação em uma clínica voltada a diagnósticos por imagem.
Dra. Selma - Minha atuação teve início em 1980, por sugestão do saudoso Dr. Crescêncio Cêntola, que havia feito um curso em um Serviço de Mama, na França, em 1979. Visionário como era, resolveu implantar essa ideia aqui. Quando me vi fazendo imagem da mama em 1980, quando só existia a mamografia analógica, com qualidade tão inferior a dos dias de hoje, com a ultrassonografia só iniciando, pensei: “Vou saber tudo sobre nada”. Mas, o entusiasmo do Dr. Crescêncio era tamanho e o assunto tão interessante, que me apaixonei. Concomitantemente, a tecnologia evoluiu, surgiu uma nova especialidade médica, a Mastologia, o assunto se ampliou, o radiologista de mama tornou-se um médico interagindo com a paciente, o clínico, o cirurgião e o patologista. A especialidade dentro da radiologia tornou-se plural. Não há como não se encantar, não se apaixonar. A “Mama Imagem” surgiu do sonho de aliar tecnologia de ponta ao atendimento humanizado no diagnóstico por imagem da mama. Com o tempo, por solicitação das próprias pacientes, o atendimento estendeu-se também às áreas de densitometria óssea e ultrassonografia geral, proporcionando um atendimento mais completo, principalmente à mulher.
Hoje, em um projeto de esperança, temos mais um desafio pela frente: a construção de um prédio moderno e funcional. Um projeto que já começou, não tem pressa de acabar, mas conta com a força e o entusiasmo com que sonhamos a “Mama Imagem” há 16 anos.

Ala Vip - A Sra. é uma das maiores referências como médica, mas também pelo lado humano. Como é lidar com as pacientes?
Dra. Selma - Acredito que a tecnologia e o conhecimento são fundamentais na medicina, especialmente na área da imagem. Mas, ao se aliar a qualidade humana ao conhecimento, o médico encontra sua verdadeira vocação. Não dá para separar. Acho que, quando transmitimos aos pacientes nosso interesse e comprometimento com ele e com sua saúde, conseguimos até mesmo resultados melhores. Nossa intuição se aguça, a equipe se alimenta desses sentimentos que reverberam e o resultado melhora e retorna com gratidão e alegria, mesmo diante de um cenário menos favorável.

Ala Vip - O que é prioridade em seu trabalho?
Dra. Selma
- É tentar fazer sempre o melhor. Mesmo se o dia não está bom, a prioridade é a paciente que chega com um problema pequeno, ou um problema grande. Tentar minimizar a angústia e ter a maior resolutividade possível. Aprender com os erros e buscar corrigi-los.

Ala Vip - Março é o mês das mulheres. Como você define a mulher?
Dra. Selma
- Mulher é um ser tão complexo, que se pode dizer tudo sobre ela. Ao mesmo tempo que discute um trabalho científico, encanta-se com um sapato ou uma joia. Não é tão prática como o homem, mas é grande companheira e também pode ser muito independente. Enfim, quantas músicas foram feitas para definir a mulher: Rita Lee, Erasmo Carlos... São várias receitas, nenhuma reprodutível.

Ala Vip - A Sra. trabalha com diagnósticos por imagem, mas, diante de sua experiência, quais cuidados são fundamentais em relação à saúde da mulher, além dos exames periódicos?
Dra. Selma - Cuidados importantes com nosso corpo vão refletir no presente e no futuro, a não ser que ocorram eventos que não dependem de nós. Nosso corpo pode nos transportar aos nossos sonhos, como viajar, andar, correr, velejar; ou pode ser nossa prisão, se não puder nos levar onde nosso espírito, nossa alma desejam estar. Assim, o que está ao nosso alcance, são cuidados com alimentação, exercícios físicos, cuidados com a alma e o bem-estar mental, que podem nos proporcionar uma melhor qualidade de vida.

Ala Vip - Como pode definir os avanços da tecnologia em sua área?

Dra. Selma - A tecnologia não para. Sempre optamos por trabalhar com o que possa nos proporcionar maior confiança em nosso trabalho. Mas não há dúvida  de que não podemos nos dissociar da realidade. Existe pressão por parte da indústria e a conjuntura econômica em que vivemos na atualidade são barreiras difíceis, mas não intransponíveis. Assim, fomos pioneiros em Rio Preto na implantação da biópsia percutânea (com agulha, no consultório), com a mamografia 3D (tomossíntese) e a elastografia shear wave (recurso ultrassonográfico).

Ala Vip - Que mulheres a Sra. admira e por quais motivos?

Dra. Selma - Admiro muitas mulheres. Posso citar algumas famosas que enfrentaram o mundo, como Margaret Thatcher, Frida Kahlo, Coco Chanel, a jovem Malala Yousafzai. Elas ultrapassaram valores que eram esperados delas e nos servem como incentivo. Admiro as mulheres que cuidam do lar, dos filhos, do cônjuge. Bem como uma inspiração que foi minha professora de literatura, D. Ellye Guerra, que me mostrava com entusiasmo o que era ter paixão por seu trabalho. Admiro as mulheres que conheço, ou passo a conhecer, as que trabalham comigo e as minhas filhas, com quem troco experiências de vida diariamente. Enfim, são muitas e com todas aprendo um pouco mais todos os dias.




Veja Também

  • MEVI RESTAURANTE
    MEVI RESTAURANTE

    Gastronomia > Receitas exclusivas e qualidade da escolha dos ingredientes, ao preparo e atendimento, resultam no sucesso da casa

  • DR. ANTONIO CARLOS ROMA JUNIOR
    DR. ANTONIO CARLOS ROMA JUNIOR

    SAÚDE > PRÓTESES DEVEM SER TROCADAS APÓS DEZ ANOS?

  • Olavo Tarraf
    Olavo Tarraf

    ENTREVISTA > Um dos grandes nomes do empreendedorismo rio-pretense

  • Audi Q7
    Audi Q7

    NOTÍCIAS > Ícone de modernidade e luxo já disponível na Euro Motors

  • Haruki: Março é Delas
    Haruki: Março é Delas

    NOTÍCIAS > Em homenagem ao mês das mulheres, restaurante lança descontos especiais para o público feminino às segundas e terças-feiras