ÚLTIMAS DA REDAÇÃO

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / ENTREVISTA /

Cecília Dale

Cecília Dale
Nacionalmente consagrada, decoradora e empresária lança loja em São José do Rio Preto


SEM LEGENDA

Cecília Dale, proprietária da rede de lojas de peças decorativas e móveis que leva o seu nome, esteve em São José do Rio Preto, no início de agosto, para inaugurar sua 13ª loja. Dinâmica, simpática e elegante, seu nome é referência de bom gosto no setor, com lojas nas principais capitais do Brasil. "Sempre soube da pujança do interior paulista. Achei São José do Rio Preto e seu povo maravilhosos. Uma cidade linda e com qualidade de vida. Fui muito bem recebida por todos”, explicou Cecília. Em meio aos clientes, que lotaram a loja, no “Shopping Iguatemi”, já nas primeiras horas de abertura, e se entusiasmavam diante da empreendedora, Cecília comentou, entre diversos assuntos, a respeito da nova coleção de verão de seus produtos. “As peças em preto e branco estão entre as principais, como também as formas geométricas, os tons na cor verde, amarelo mel, nuances em azul, entre outras. Na realidade, a moda de elementos decorativos corresponde à moda do vestuário. As tendências variam bastante, mas o que considero interessante é a versatilidade de uso de peças entre uma coleção e outra. Da mesma forma que, em um ambiente decorado, há possibilidade de utilizar peças antigas, como aquelas que passam por gerações dentro da família. Muitos elementos nunca saem de moda. Por exemplo, não abrimos mão do couro, da madeira e outras matérias-primas que proporcionam um visual bastante natural e aconchegante”.
Com 35 anos de carreira, Cecília afirma que, com o passar dos anos, nota que, as pessoas passaram a ser mais presentes em seus lares. “Hoje em dia, elas utilizam mais os espaços que, em épocas anteriores, eram utilizados somente em momentos comemorativos, ou para receber visitas. Hoje, não existe mais a sala de visitas. Os espaços são mais vivenciados pelos moradores. A casa passou a ser mais gostosa para se viver. Isso é muito positivo, pois demonstra também que as pessoas estão mais abertas à sociabilidade e união. É muito importante também que um lar tenha a identidade de seus moradores e não parecido com uma vitrine de loja”.
Sobre os fatores que contribuíram para que seu nome fosse um dos mais conceituados no setor, Cecília comenta: “Minha relação com a área está, de certa forma, ligada à própria história de minha família. Passei parte de minha infância em Petrópolis/RJ, em uma casa colonial muito grande, com sete salas. Minha mãe e minha avó decoravam a casa e faziam arranjos lindos, com flores de nosso próprio jardim. Meu avô colecionava peças antigas. Fui absorvendo muito dessas características e, aos 14 anos, decorei uma igreja para o casamento de uma amiga. Sempre tive uma relação baseada no admirar pelo que é belo, bem definido, em formas e tons”.
A decisão de se tornar empresária no setor, no entanto, deu-se início depois de um período em que viveu no exterior, como também, depois da carreira como professora de inglês. “Tudo começou quando decidi produzir produtos artesanais. Meu primeiro trabalho foi realizado com vigas de madeira que sobravam da indústria de uma amiga. Certa vez, produzi uma peça que, já em sua primeira versão, teve o pedido de 200 exemplares. Foi um momento muito emocionante. Passei a atender pedidos de lojas. Conheci pessoas fantásticas da área, ao longo desse tempo. Aliás, conheço em tempo constante. Sinto-me privilegiada por conhecer designers do mundo inteiro. Por trás de uma peça decorativa existem histórias, sentimentos e arte que me fascinam”.
Sobre como analisa o perfil brasileiro em relação aos demais países do mundo que são referências em arte e decoração, a empresária explica que os brasileiros passaram a valorizar mais seus recursos. “Hoje em dia, ele não sai por aí comprando um produto porque é caro, mas porque tem relação com sua identidade, com seus objetivos. Isso é ótimo, porque brasileiro tem muitas qualidades na arte de decorar. O europeu é tradicional, apesar de seu bom gosto - como dos franceses e italianos - ser extraordinário. Já o americano tem uma mistura, que muitas vezes é linda, e, em muitos casos, estranhas, fora de contexto”.
Questionada sobre o que não pode faltar em sua casa, Cecília comenta: “Uma varanda e um jardim são indispensáveis. Claro que me dou ao luxo de sempre trocar peças decorativas. Mas, associo minha casa sempre à sensação de viver”.


SEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDASEM LEGENDA



Veja Também

  • Cláudia Dória Peron Rosa e Marcello Peron Rosa
    Cláudia Dória Peron Rosa e Marcello Peron Rosa

    ENTREVISTA > No comando da “La Clinique”- Clínica de Cirurgia Plástica e Estética, casal vive em grande sintonia, tanto na vida pessoal, quanto na área profissional

  • Karina Younan
    Karina Younan

    ENTREVISTA > Psicóloga clínica fala dos principais erros cometidos no início de uma relação, de sonhos fantasiosos comuns, como pelo “príncipe encantado”. No entanto, afirma que o romantismo não sai de moda.

  • Dra. Selma di Pace Bauab
    Dra. Selma di Pace Bauab

    ENTREVISTA > A médica e diretora da “Mama Imagem” fala de sua atuação, a história de sua clínica e seu ponto de vista sobre saúde e a figura da mulher

  • Olavo Tarraf
    Olavo Tarraf

    ENTREVISTA > Um dos grandes nomes do empreendedorismo rio-pretense

  • Denilson César Marzocchi
    Denilson César Marzocchi

    ENTREVISTA > Empresário fala de sua história de ascensão e seu ponto de vista em relação ao mundo dos negócios em um momento de economia em declínio

  • Zeid Sakr
    Zeid Sakr

    ENTREVISTA > Diretor Geral do “SEB COC Rio Preto” fala sobre atuais metas e metodologia de trabalho de uma das mais famosas instituições de ensino do país

  • Edgard Neto
    Edgard Neto

    ENTREVISTA > Consultor de marketing do SEBRAE/SP

  • Pitty
    Pitty

    ENTREVISTA > Música/Rock

  • Dr. Paulo Bottura Filho
    Dr. Paulo Bottura Filho

    ENTREVISTA > Entrevista

  • Entrevista
    Entrevista

    ENTREVISTA > Margarete Franco

  • Moda, tendência e estilo
    Moda, tendência e estilo

    ENTREVISTA > Junior Gomes

  • Christina Rudge Leite
    Christina Rudge Leite

    ENTREVISTA > Entrevista