VOCÊ ESTÁ EM: HOME / NOTÍCIAS /

MONTELENA - O novo condomínio vertical da TARRAF


EMPREENDEDORISMO
Fotos: Divulgação
SEM LEGENDA

MONTELENA

O novo condomínio vertical da TARRAF 

Com duas torres de 12 andares e 33 apartamentos, empreendimento de R$ 64,5 milhões, ao lado do Shopping Iguatemi, começa a ser construído neste ano o Montelena, com entrega prevista para 2021. Surpreendente, o projeto chega para escrever uma nova história para o segmento residencial de alto padrão em São José do Rio Preto. Com 17 mil m² de área construída em um terreno de 3.150 m² ao lado do shopping Iguatemi, o Montelena contará com duas torres de 12 andares e 33 apartamentos (sendo o 1º andar de área comum aos moradores).

As obras estão previstas para começar até o final do ano e a entrega para dezembro de 2021. O valor geral de vendas (VGV) é de R$ 64,5 milhões.

Na primeira torre, intitulada Áurea, serão 11 apartamentos de 343 m² (um por andar), quatro suítes e cinco vagas de garagem. Na segunda, batizada de Rubra, serão 22 unidades de 256 m², quatro suítes e quatro vagas. Além da vista privilegiada para Rio Preto, com varanda de vidro fechada de pé a teto e caixilharias que atendem a padrões europeus em termos de acústica e temperatura, todas as unidades contarão com um interfone inteligente em tela touchscreen, recirculação de água quente e infraestrutura para a instalação de aspirador central e de ar condicionado até nos banheiros.

Nas áreas comuns, desde o hall de entrada com pé direito duplo, lounge social com mobiliário, talheres e enxoval completo e personalizado, spa, hidromassagem, piscina aquecida com tratamento de ozônio, “praia de pedras” com pedregulhos rolados fixados no chão para massagear os pés, até o café da manhã que será servido pelo condomínio todos os domingos, tudo no Montelena concorre para criar nos moradores e visitantes a experiência de viver em um hotel cinco estrelas, com mensalidade condominial estudada e otimizada aos parâmetros da cidade.

Portaria blindada, elevadores com controle de acesso, infraestrutura para o abastecimento de carros elétricos, área para lavagem de veículo, brinquedoteca hightech e academia technogym serão outros dos muitos diferenciais. “O Montelena será um marco para Rio Preto, que passou muitos anos sem lançar um empreendimento deste porte”, diz a arquiteta Solange Cálio, que assina o design de interiores. “O empreendimento é muito original e deve contaminar tudo o que será feito na cidade daqui por diante”, completa o arquiteto Luciano Fiaschi, responsável pelo projeto paisagístico.

Verticalização

SEM LEGENDA

Para o vice-presidente da TARRAF, Olavo Tarraf Filho, o Montelena se antecipa para atender a uma tendência de verticalização residencial de alto padrão que está começando a surgir na cidade, especialmente na zona sul.

“As pessoas querem morar com mais inteligência hoje. Em Rio Preto, a cultura horizontal ainda é forte por conta dos condomínios, mas isso está mudando. O Montelena vem para reforçar a quebra desse paradigma como um produto que tem poesia, estilo, conceito. Estamos levando a casa para o alto”, diz.

Inspiração

O projeto arquitetônico do Montelena é resultado de um estudo do que existe de mais atual em design. Empreendimentos residenciais de referência em sofisticação como Fendi Chateaux e o Regalia, em Miami (onde o preço do metro quadrado pode chegar a R$ 60 mil) foram as principais fontes de inspiração.

“Esse movimento das lajes dá elegância e confere um brincar ao projeto. Hoje, o Montelena é o máximo que é possível chegar em termos arquitetônicos”, define o arquiteto Gianfranco Vannucchi, do Königsberger Vannucchi, responsável pelo projeto de arquitetura. O escritório paulistano traz no currículo empreendimentos premiados, como o Brascan Century Plaza e o Sesc Paulista, em São Paulo.

Conceito

SEM LEGENDA

O nome do empreendimento, Montelena, faz conexão com o Chateaux Montelena, vinícola no Vale de Napa, na Califórnia, que, em 1976, com seu rótulo de Chardonnay, ficou em primeiro lugar em um teste às cegas em Paris, fato que chocou e abriu os olhos do Velho Mundo para a qualidade dos vinhos produzidos fora da Europa. A história virou até filme, “O Julgamento de Paris” (2008), de Randal Miller.

“E assim como o vinho, nosso Montelena chega para fazer o mesmo: surpreender o mercado, subir a régua, marcar o momento da virada no nível de edifícios de alto padrão em Rio Preto”, justifica o presidente da TARRAF, Olavo Tarraf.

Personalização

Outra inovação que o Montelena trará para o mercado é a possibilidade de personalizar os apartamentos. Os proprietários poderão contratar seu próprio arquiteto para transformar internamente o imóvel, e a execução da obra poderá ser feita com a própria TARRAF, com algumas vantagens. “Não vamos trabalhar com pacotes de acabamento pré-definidos. A personalização será, de fato, total. Além disso, conseguimos otimizar os custos pelo ganho de escala na compra dos materiais”, diz Olavo Tarraf Filho.

Há 68 anos no mercado, a TARRAF é uma empresa com múltiplos serviços e atuação em diversos segmentos, da construção civil a consórcios. A incorporadora já entregou mais de 30 mil unidades imobiliárias, totalizando 1,5 milhão de metros quadrados em área construída em todo Brasil. Consolidada em São José do Rio Preto, a TARRAF atua em cidades como Araçatuba, Catanduva, Votuporanga, entre outras. Loteamentos abertos e fechados, Minha Casa, Minha Vida, edifícios residenciais e condomínios de médio e alto padrão estão no pipeline dos produtos da empresa, que estima VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 3 bilhões nos próximos dez anos. Para mais informações acesse www.tarraf.com.br.

SEM LEGENDA



Veja Também