ÚLTIMAS DA REDAÇÃO

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / NOTÍCIAS /

LEANDRO KARNAL

HISTÓRIA | POLÍTICA
Cido Pisani
Foto: Leandro Augusto

LEANDRO KARNAL

Faculdade de Medicina de Rio Preto (FAMERP) recebe escritor, professor e historiador em palestra sobre ética e corrupção no mundo moderno

SEM LEGENDA

A FAMERP (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto) recebeu, no dia 10 de outubro, como parte da comemoração dos 50 anos da instituição, o escritor, professor e historiador Leandro Karnal para uma palestra. O palestrante é um dos pensadores mais conhecidos do país e soma ao currículo o título de Doutor em História Social pela USP (Universidade de São Paulo) e especialista em História da América, além de atuar como professor e orientador na UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) e ser autor vários livros.
Tamanha importância do convidado reuniu, no Centro de Convenções da FAMERP, mais de 600 pessoas, entre autoridades, convidados, membros da sociedade médica e estudantes, para prestigiar a palestra com o tema “Ética e Corrupção no Mundo Contemporâneo”. Como um ferrenho crítico político e dono de uma retórica impressionante, Karnal discorreu sobre as questões que envolvem a corrupção e ética no atual cenário do país. Ele propõe uma reflexão sobre o tema, desde a forma mais simples, muitas vezes não considerada, até os grandes casos de corrupção sistêmica, que assolam o Brasil.
Segundo ele, crise é um termo passageiro, que nos obriga a repensar tanto as estruturas políticas quanto sociais. “Se não fosse a crise política, é bem provável que já teríamos superado a turbulência econômica”, afirmou, acrescentando que a solução dos problemas está numa política sem isolamentos ou individualismos. “Somos animais políticos. Vivemos em grupo e precisamos, com diálogo, encontrar uma solução coletiva”.
Sobre ética, o palestrante citou o filósofo grego, Aristóteles, para dizer que se trata de um legado adquirido e não implícito ao nascimento do ser humano. Sendo assim, a crise ética está na falha da transmissão de valores. “Quando, ao lado de um filho, avançamos um sinal vermelho, ou paramos em cima da faixa de pedestre, estamos formando um motorista que escola nenhuma vai novamente instruir”, afirma, enfatizando a importância da família, professores e educadores na conscientização dos valores, que podem melhorar tanto a política quanto a vida em sociedade. “Infelizmente, a democracia e o estado de direito não se traduzem literalmente com a melhoria ética das pessoas, mas são uma condição fundamental para isso”, ressaltou a importância que isso tem para haver maior controle, maior transparência e medidas duras contra a corrupção. Conforme ele, o autoritarismo sempre favoreceu a corrupção seletiva e velada e o mundo está cheio de exemplos disso.




Veja Também