VOCÊ ESTÁ EM: HOME / NOTÍCIAS /

EXPOSIÇÃO DENISE FARINA

DENISE FARINA TRAZ PARA O RIOPRETO SHOPPING EXPOSIÇÃO INÉDITA DE MOBGRAFIAS

Riopreto Shopping recebe “Meandros do Olhar”, mostra que apresenta um novo ponto de vista sobre o mundo a partir de um tratamento de câncer de mama

SEM LEGENDA

O processo de tratamento de um câncer de mama enfrentado pela arquiteta Denise Farina deu origem à exposição de mobgrafias “Meandros do Olhar”, que chega à Praça 1 de Eventos do Riopreto Shopping nesta quinta-feira, 15 de setembro. Imprensa e convidados da arquiteta se reunirão na noite de lançamento, às 20h, para um coquetel e autógrafos do livro que reúne o conteúdo da exposição e mais imagens inéditas. Mobgrafia é a fotografia mobile, linguagem apreciada por quem  registra, edita e publica imagens por meio de equipamentos móveis, como smartphones  e tablets. É por meio de imagens captadas  por um celular que a arquiteta conta um pouco da experiência vivenciada a partir de 2013, quando descobriu a doença.

SEM LEGENDA

A exposição traz dez placas de dois metros de altura com um olhar especialmente adquirido por Denise ao visitar locais como Grécia, Itália, França, Alemanha, Inglaterra, Portugal, Chile, Bahia e Minas Gerais entre 2014 e 2016. “Percebi que meu olhar, mesmo encantado com tanta beleza e diversidade, tinha mudado. Não era um olhar de turista; era um olhar ávido pela vida, por qualquer coisa que me mostrasse além do que eu via”, conta a arquiteta. O convite para a viagem foi feito pela irmã e Denise decidiu que registraria tudo a fim de que, um dia, pudesse compartilhar com muitas pessoas essa nova forma de olhar a vida. Como não tinha condições de levar equipamento fotográfico, a solução foi utilizar o smartphone.

SEM LEGENDA

A exposição “Meandros do olhar” é uma emocionante lição sobre como a forma de olhar as coisas pode sofrer alterações quando paramos para observar o mundo de uma outra perspectiva. “A mostra é um pouco das coisas bonitas que a vida pode nos dar quando nos propomos a parar e perceber que olhar é diferente de ver e que ver é perceber com o coração. A imagens não têm a pretensão de ser arte. O que me importa é a sede de ver, de sentir; é o brilho do olhar ao descobrir que a imagem editada veio carregada de sentimento... Enfim, é a intensidade de poder expressar o viver mais um dia. Um de cada vez, até quando eu puder”, finaliza  a arquiteta. A visitação à exposição é gratuita e pode ser feita nos horários de funcionamento do centro de compras até o dia 30 de setembro.




Veja Também