Edição 130

Clique na imagem abaixo para folhear nossa revista



CURTA NOSSA PÁGINA

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / NOTÍCIAS /

Obra Prima

Sabor
Rafael Rossi
Fotos: Henrique Smith

Obra Prima

SEM LEGENDA

Cake designer, Nelson Pantano abrilhantou o casamento da irmã, Mariliz, com o primor de sua arte 


SEM LEGENDAA união definitiva do casal Mariliz Pantano e Rogério Scudeler, por si só, já seria considerada especial, mas, para a noiva, o evento foi coroado com um sabor peculiar. Irmão da noiva, o cake designer Nelson Pantano, foi responsável pela produção do bolo e também dos doces da festa.  Proprietário do atelier “The King Cake”, fundado em 2010, Pantano proporcionou um brilho ainda maior ao evento. Carro chefe da empresa, as flores não só estavam presentes, como foram destaque da decoração. O profissional explica que seu trabalho teve inspiração em “carvings”. “Tudo foi inspirado em ‘carvings’ da arquitetura clássica, que reproduzimos em açúcar nas laterais dos bolos. As flores, que fizemos em açúcar, seguiram a linha da decoração da festa, como rosas colombianas, peônias burgundy e buckey belle, lisianthus roxos, orquídeas vandas, anêmonas, ranunculus, tulipas, illex berries, e folhagem bettle weeds”.
Consagrado por seu talento e sua criatividade, que concedem múltiplas possibilidades em suas criações, o cake designer não tem limites quando se trata de inovação. Diante de qualquer pedido de seus clientes, é possível a realização de sonhos. Pantano já concebeu elementos que vão desde joias e brinquedos, a sapatos e móveis; todos à base de açúcar. Pedidos pessoais, temas e a decoração de festas, garantem bolos exclusivos. A técnica utilizada para a confecção das flores é única no Brasil. De tão perfeitas, é necessário informar às pessoas que elas são feitas de açúcar.
Além de bolos, a renomada empresa produz mini-bolos e cupcakes exclusivos, associando, de forma harmoniosa, beleza, sabor, qualidade e, principalmente, perfeição. O requinte, que sempre coloca em prática durante seu trabalho, rendeu a Nelson Pantano, em 2012, o ouro na categoria “Floral Sugarcrafts”, no “Cake International”, em Londres, na Inglaterra.
Mas o que leva um publicitário a ser considerado um dos principais cake designers do mundo? A paixão. Formado em Publicidade e Propaganda pela “Escola Superior de Propaganda e Marketing” (ESPM), na capital paulista, Nelson Pantano foi “contagiado” pelo amor a essa arte ainda na infância, quando morava em Fernandópolis. Primeiro vieram as trufas. O então menino, de onze anos, mesmo sem saber como, decidiu que faria as guleimas com as próprias mãos. Tomando conta da cozinha da mãe, fez várias tentativas, usando receitas encontradas na internet e na TV, até conseguir uma que lhe agradasse. A partir daí, o que se viu foi uma imensa dedicação em montar o próprio negócio, que começou na escola onde estudava, vendendo as suas trufas.
Como era esperado, em pouco tempo, o garoto se tornou a sensação do colégio, chegando a vender mais de 50 trufas por dia. Os bolos não demorariam a “aparecer” na vida do cake designer. Como usava uma grande quantidade de material, constantemente precisava passar em uma pequena loja de suplementos. Foi lá que, um dia, avistou um anúncio com imagens de bolos decorados. O cartaz divulgava um curso para preparação dos bolos. A motivação para se expressar por meio dessa arte foi instantânea e o passo seguinte foi guardar o dinheiro das vendas das trufas para pagar o curso e comprar os materiais necessários.
A internet tornou-se uma aliada de Nelson, já que no interior paulista não havia praticamente nada relacionado à decoração de bolos. Ao contrário dos amigos, que pensavam apenas em jogar vídeogame, ele passava muito tempo à frente do computador, em busca de informações. Após insistência junto aos pais, ele foi para São Paulo, onde fez cursos e aprendeu a modelar os mais diversos tipos de massas de açúcar. Além disso, buscava a perfeição, tentando reproduzir as obras dos famosos cake designers da época, encontradas em livros importados, que ele foi adquirindo aos poucos.
Em pouco tempo, seus trabalhos já eram primorosos e, com 17 anos, Nelson vendia bolos e ministrava aulas de confeitaria artística. Mesmo diante da qualidade das criações do filho, os pais, preocupados com seu futuro, acreditavam que seria necessário um diploma de curso superior. E é nesse exato momento que a publicidade entrou em sua vida. Já morando em São Paulo, Nelson nunca esqueceu a paixão pelos bolos decorados. Conquistou os colegas de classe com sua arte, trabalhou como auxiliar de um cake designer e, em seguida, realizou seu maior sonho: montar sua empresa. Assim, surgiu a “The King Cake”, com obras de arte em forma de bolos, feitas para encher os olhos e aguçar o paladar com as deliciosas - e secretas - receitas de Nelson.


SEM LEGENDASEM LEGENDA



Veja Também