ÚLTIMAS DA REDAÇÃO

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / Arquitetura /

LAZER NOSTÁLGICO

LAZER NOSTÁLGICO

Projeto arquitetônico de Roberto Magalhães proporciona atmosfera de antigos botecos e armazéns ao bar “Chico Barrigudo”, inaugurado da Zona Leste de São José do Rio Preto

SEM LEGENDA SEM LEGENDA

Promover uma experiência diferenciada ao público, de modo que este tivesse a sensação de estar em um legítimo boteco de rua, tendo, ao mesmo tempo, referências nostálgicas. Esta foi a base inicial para o projeto arquitetônico de Roberto Magalhães, concluído recentemente, quando foi inaugurado o bar “Chico Barrigudo”. Localizado na Zona Leste da cidade, o local se tornou mais que um ponto de entretenimento e lazer, diante de sua expressão cultural. A começar pelo nome, “Chico Barrigudo” faz alusão aos antigos bares, que levavam os nomes de seus donos. 

SEM LEGENDA

A referência ao nome também está presente em parte da decoração, repleta de muitos dos grandes nomes de “Chicos”, presentes na história artística de nosso país. Cercado de decks, o bar tem pintura externa feita de caiação. 

SEM LEGENDA

Em seu interior, outro elemento que chama a atenção é a estante projetada sobre o balcão, feita de tubulação galvanizada, o que remete a processos industriais. 

SEM LEGENDA

O mezanino, fechado em vidro canelado, ganhou aspecto cênico, explicitado, ainda mais, pela movimentação da equipe administrativa da casa. “O estoque à mostra é outro fator importante na decoração, exatamente como nos antigos empórios”, explica o arquiteto que, junto a sua equipe de profissionais, investe em pesquisas que têm como objetivo orientar, de maneira correta e consistente, o que o mercado rio-pretense está pronto para receber. Sempre atento aos novos comportamentos de consumo e tendências de mercado no mundo, o profissional transpõe suas experiências à realidade local. 

SEM LEGENDASEM LEGENDA

A resposta do público foi imediata e o “Chico Barrigudo” já está entre os principais da cidade, servindo variedade em bebidas e iguarias típicas de boteco. Destaque também às receitas exclusivas do cardápio, além de cervejas e chopes em temperaturas que agradam os visitantes. “Tudo faz parte de uma identidade iniciada pela arquitetura e que vai até a linha de atendimento específico do local”, comenta Roberto.




Veja Também