VOCÊ ESTÁ EM: HOME / SAÚDE /

Saúde do Homem


Artigo
Dr. Ricardo Baruque
Foto: Leandro Augusto

Saúde do Homem
Cuidados Essenciais

SEM LEGENDA

A partir dos 30 anos, a testosterona, um dos principais hormônios masculinos, começa a declinar. Apesar de ser um processo natural e gradativo, em alguns casos, os níveis podem cair excessivamente. As consequências da chamada deficiência androgênica incluem disfunção erétil, redução da energia, depressão, perda de desejo sexual, ondas de calor e irritabilidade, etc. Quando esses sintomas passam a afetar a qualidade de vida, é recomendado a terapia de reposição, que tem como benefícios: aumento da capacidade metabólica e facilidade para emagrecer, ganho de força e massa muscular, melhora da resistência física, da libido e da performance sexual.Além disso, as consultas regulares ao urologista são importantes porque o sistema gênito-urinário (rins, bexiga, ureteres, uretra, próstata e testículos) é responsável pela eliminação de substâncias, tanto em excesso quanto indesejáveis, do organismo por meio da urina. Quaisquer doenças nesses órgãos podem trazer desconforto e, se não forem tratadas corretamente, podem gerar sérios problemas de saúde. Por isso, estar atento pode auxiliar ao diagnóstico precoce de doenças do aparelho urinário, como infecção urinária, cálculo renal, disfunções miccionais e tumor de próstata, rim, bexiga e testículos.

Cada vez mais, a urologia tem sido revolucionada por novas tecnologias, que agregam qualidade ao diagnóstico e tratamento de doenças. Em 1980, foi isolada a enzima Antígeno específico prostático, que está presente no sangue em pequenas quantidades, aumentando quando há algum problema na próstata. A descoberta permitiu o diagnóstico precoce do câncer e o tratamento antes que tivesse se espalhado. Assim, iniciaram-se a fase inicial de tratamento do câncer de próstata, por meio de radioterapia e cirurgia via aberta, com incisão desde a cicatriz umbilical até o osso púbis. 

SEM LEGENDAA cirurgia, chamada de prostatectomia radical, é o tratamento mais utilizado para esse tipo câncer localizado, sendo a única técnica disponível até o surgimento da videolaparoscopia (VLAP). Por sua vez, a VLAP foi bastante utilizada até o surgimento da cirurgia robótica, que, futuramente, tomará o lugar da cirurgia aberta e da laparoscopia. Outra aplicação da cirurgia robótica é na retirada de tumores renais. Além do robô, houve grandes avanços no setor de imagens para diagnóstico e estadiamento dos tumores. A ressonância magnética multiparamétrica da próstata trouxe informações preciosas sobre as doenças, permitindo diferenciar casos de inflamações e infecções de tumores. Desde outubro de 2016, também utilizamos o Pet CT com PSMA, que, específico para próstata, auxilia na localização de metástases ósseas, ganglionares e em outros órgãos.

Apontado como um dos tumores de maior incidência entre os homens, o câncer de próstata tem larga prevalência no país, superado apenas pelo câncer de pele. Estima-se que, um em cada seis homens, desenvolverá câncer de próstata no decorrer da vida. Portanto, a consulta preventiva deve ocorrer a partir dos 40 anos, principalmente, existindo histórico familiar da doença. Entretanto, apesar dos números alarmantes, a questão ainda sofre por causa do exame clínico de toque retal, que é fundamental para detectar a presença de nódulos e anormalidades na glândula. Então, torna-se imprescindível que o homem perca esse preconceito e procure auxílio médico. Cuidar da saúde não colocará a masculinidade em risco.

Dr. Ricardo Baruque - CRM 85.113
Médico Urologista




Veja Também