ÚLTIMAS DA REDAÇÃO

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / SAÚDE /

Inverno:


SEM LEGENDA


Artigo
Dr. João Carlos Pereira
Foto: Xavier Neto

Inverno:

Beleza profunda


As estações mais frias do ano são ideais para tratamentos estéticos faciais, principalmente os que possuem “ação” mais profunda. Os melhores resultados são conseguidos nessa época do ano, pois o clima fresco proporciona um pós-operatório mais confortável e uma recuperação mais rápida. Além disso, há a redução dos riscos de manchas e outros efeitos indesejados em razão da menor exposição aos raios solares.
Os tratamentos faciais mais procurados são os de rejuvenescimento, nos quais são utilizados lasers que vão literalmente “trocar a pele”, assim como os preenchimentos faciais e também a toxina botulínica. As cirurgias das pálpebras (blefaroplastia), remoção de pintas e remoção de pequenas lesões, também são muito realizadas, além das cirurgias plásticas.
Mas, antes de começar qualquer tipo de tratamento para o rosto, o primeiro passo é realizar uma avaliação detalhada da pele com o aparelho “Visia”, que realiza um “Raio-X” da face. Com ele, é possível detectar as necessidades de tratamento e formatar um programa de rejuvenescimento realístico.
É chegada a hora dos tratamentos radicais para quem possui rugas profundas, flacidez, cicatrizes de acne e perda do volume facial em bochechas e sulcos, bem como os tratamentos de simples renovação epidérmica ou de estímulo do colágeno. Recuperar o subcutâneo é fundamental para reorganizar os volumes do rosto, e isso pode ser conseguido de forma imediata, com os preenchedores à base de ácido hialurônico e hidroxiapatita, que devolvem as formas e os volumes naturais à face. E a grande novidade para tratar rugas finas e melanose solar é o laser “Fraxel Dual”, que atua de duas formas no processo de rejuvenescimento cutâneo da pele danificada. Por meio de múltiplos raios fracionados do laser de “Erbium”, que perfuram e “queimam” a pele suavemente, estimulando o colágeno, enquanto o laser “Thulium” age removendo as manchas
Uma ação profunda para remover as imperfeições da superfície, rugas, cicatrizes e linhas pode ser conseguida por meio do laser fracionado de CO2, que vai penetrar até o nível de colágeno, estimulando-o de forma intensa e removendo da superfície o excesso de pele e, consequentemente, as marcas de forma parcial ou total.
As manchas solares persistentes, e até os melasmas, são eliminados pelos raios do laser “Spectra” e do laser “Rubi”, que atuam diretamente nos pigmentos de melanina agrupados em cada mancha, promovendo uma verdadeira pulverização dos mesmos, inclusive das tatuagens indesejadas. 
Para flacidez na face, o aparelho “Thermage” ainda é a melhor opção, devido a sua eficácia e seu conforto. Não é doloroso. Ele emite ondas de radiofrequência que esquentam as camadas mais profundas da pele e, com seu sistema de resfriamento, atua imediatamente após o aquecimento, provocando um verdadeiro choque térmico do tecido subcutâneo. Esse efeito estimula a formação do colágeno novo, além de reestruturar o existente. A pele ganha aparência mais magra e firme.
Consulte o seu dermatologista, formate um programa de rejuvenescimento que atenda às suas necessidades e cumpra com as suas expectativas. Aproveite tudo de bom que as estações mais frias podem lhe oferecer.


Dr. João Carlos Pereira - CRM 40737 - Clínica Derm - São José do Rio Preto/SP
Fundador e membro da Sociedade Brasileira de Laser - Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Membro da International Society Cosmetic Dermatology - Membro da American Academy of Cosmetic Dermatology & Aesthetic Lasers  - Professor Egresso da Faculdade de Medicina de Catanduva/SP






Veja Também