EDIÇÃO 185

Clique na imagem abaixo para folhear nossa revista



CURTA NOSSA PÁGINA

VOCÊ ESTÁ EM: HOME / SAÚDE /

Dra. Fernanda Amaro Ferraz Pizarro A Pele na Terceira Idade

ESPECIAL TERCEIRA IDADE
Artigo | Dra. Fernanda Amaro Ferraz Pizarro
Foto: Leandro Augusto


SEM LEGENDA

A Pele na Terceira Idade 

É possível envelhecer e manter uma pele jovem e saudável?

Envelhecer é um processo natural de cada indivíduo e isso inclui uma queda gradativa do colágeno da pele. Essa perda é diferente de pessoa para pessoa, pois cada um envelhece em ritmos variados e diferentes se comparado a mesma idade cronológica. Essas diferenças podem ser por fatores genéticos, hormonais, fototipo da pele, estilo de vida, dieta, deficiências nutricionais, exposição excessiva à luz solar, qualidade do sono, estresse, prática de exercícios físicos, entre outros, que podem acelerar o processo de envelhecimento, o que gera diversas modificações fisiológicas inevitáveis e, muitas vezes, irreversíveis.
Observa-se, a partir dos 30 anos de idade, uma mudança na pele com o aparecimento de rugas finas e, com o passar dos anos, devido à exposição a radiação solar, a pele torna-se mais seca, fina, amarelada e escamosa. Também podem ser observadas manchas senis na face e no pescoço.
Apesar de fazer parte do ciclo natural de todos os organismos vivos, o envelhecimento, continua sendo um dos maiores enigmas da vida por não ser compreendido no que diz respeito à totalidade de seu processo. O interesse pelos fatores que determinam a longevidade cresceu nos últimos anos, uma vez que, segundo a Organização Mundial da Saúde, a expectativa de vida da população tem aumentado.
Para isso, mais de trezentas teorias já foram propostas na tentativa de explicar o processo de envelhecimento, porém, nenhuma ainda foi totalmente aceita. Entretanto, a teoria dos radicais livres parece ser a que vem recebendo ampla aceitação como uma explicação plausível para as reações químicas primárias na base do processo de envelhecimento. 
Não podemos parar o tempo, mas conseguimos prevenir o envelhecimento ou, caso já existam, atenuá-las. Quando falamos em envelhecimento, a dica de ouro é: prevenção. Quanto mais cedo começamos a prevenir a produção excessiva de radicais livres, equilibrando com adequada produção de antioxidantes que inibe e/ou reduz os danos causados pela ação deletéria dos radicais livres sobre nosso “queridinho” colágeno, melhor sua pele estará no futuro. 
Não podemos deixar de destacar alguns cuidados básicos que precisamos ter no dia a dia, que deixarão sua pele saudável e jovem por muito mais tempo: evitar o tabagismo, a exposição solar excessiva, o consumo excessivo de açúcar, carboidratos, gorduras saturas, conservantes e aditivos químicos; praticar exercícios físicos, yoga e meditação; avaliar deficiências nutricionais; dormir bem; praticar atividades lúdicas e evitar consumo excessivo de álcool, por exemplo. 
Mas e quem já está apresentando sinais de envelhecimento na pele é possível tratar? Claro que sim. Com o avanço da medicina e das tecnologias, é possível viver cada fase da vida com mais segurança e de bem com o espelho. Para isso, temos à disposição diversos tipos de procedimentos dermatológicos e os cuidados em casa que ajudam a manter a pele saudável e mais bonita. A indicação de cada procedimento vai de acordo com as características e necessidades de cada caso, mas os principais são peeligs químicos, laser, aplicação de preenchimento, toxina botulínica, radiofrequência, bioestimuladores de colágeno, uso de antioxidantes tópicos e sistêmicos e reposição adequada das deficiências nutricionais.
Viu só?! O que não faltam são opções de tratamentos e dicas de prevenção para rejuvenescimento e que, cada vez mais, possibilitam melhores resultados. Procure seu dermatologista, assim você conseguirá manter sua pele jovem e saudável por muitos e muitos anos. Por isso, nada de ficar em crise com o que vê no espelho, cuide-se bem e reserve um tempo para dar mais atenção a você!

Dra. Fernanda Amaro Ferraz Pizarro - CRM/SP 124.067 | RQE 37080 - Dermatologista





Veja Também